Segundo a famosa Enciclopédia Britânica, o guarda-sol era usado nas antigas civilizações chinesas, indianas e egípcias para proteger pessoas importantes da incidência dos raios solares. O tempo passou e cuidou de popularizar e modernizar o item. Atualmente, é possível ter um guarda-sol personalizado para exibir toda a beleza de uma estampa bem customizada.

Quer entender com é feita essa personalização? Deseja escolher um modelo adequado para revelar a identidade do seu negócio? Neste artigo ajudaremos você a surpreender as pessoas ou seus clientes com um lindo guarda-sol!

Quais são os benefícios do guarda-sol?

Um dos principais benefícios do guarda-sol é a proteção contra os raios solares. Embora uma exposição equilibrada ao sol resulta na produção da vitamina D (essencial para a absorção do cálcio), o seu excesso é prejudicial.

De acordo com um artigo do Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de pele resulta de uma exposição cumulativa e excessiva ao sol. Para curtir os dias ensolarados sem descuidar da saúde é necessário o uso de protetor solar, mas também de artifícios físicos como óculos escuros e o guarda-sol.

Podemos citar outro malefício da falta de proteção solar: o envelhecimento da pele. O motivo são os raios UVA e UVB provocadores de queimaduras que danificam esse órgão importante que cobre todo o nosso corpo.

Existe ainda a vantagem estética na utilização do guarda-sol. Afinal, a indústria que produz esse item oferece uma variedade de cores, estampas, materiais e tamanhos que conferem estilo e elegância. Dessa forma, o usuário desfruta do sol sem perder o bom gosto.

Já para as empresas do ramo hoteleiro e outros setores comerciais, o guarda-sol transmite a personalidade do negócio com o logo e outros detalhes próprios da marca. Além de ser uma estratégia de marketing, pois gera visibilidade e credibilidade perante o público-alvo.

Como escolher o melhor modelo?

No momento de comprar o guarda-sol personalizado é preciso estar atento a alguns detalhes para não errar na escolha. Vejamos o que levar em consideração.

Tecido

Normalmente, a grande maioria dos guarda-sóis encontrados no mercado são produzidos com o nylon. Embora ofereça leveza e um custo final mais baixo, o nylon é um tecido poroso, por isso, não confere alta proteção contra a radiação solar. Outro ponto negativo é a pouca durabilidade do material.

Podemos apontar como uma boa escolha o guarda-sol feito de algodão grosso, em especial quando revestido com lona. Dessa forma, o item tem alto poder de proteção e uma vida útil longa.

Outro excelente tecido, como já citado, é a lona. Uma vez que é um material com uma espessura grossa e resistente. Além disso, o tecido admite a inserção de outros componentes, como o poliéster, tornando a copa mais durável e com uma defesa mais efetiva contra os raios UVB e UVA equiparando a proporcionada pelo fator de proteção solar (FPS) 50.

Por fim, há as fibras sintéticas, como a poliamida, que lideram o pódio de bons tecidos para o guarda-sol. É verdade que esses materiais elevam um pouco o preço final do produto, mas o custo-benefício vale a pena. A razão está na durabilidade e no bloqueio da radiação solar que alcança a marca de 90%.

Em resumo, prefira o guarda-sol que tenha as tramas do tecido mais densas e compactas. O resultado será um item que acompanhará você em muitos dias ensolarados. Já no caso das empresas, a troca do produto não ocorrerá em um curto espaço de tempo, diminuindo os gastos com a reposição. Sem falar do cuidado que oferecerá para a saúde dos clientes.

Cores

As cores mais claras absorvem menos e as escuras mais os raios solares, certo? Errado! Muitos pensam assim porque os tecidos de tons sombrios aumentam a temperatura do corpo mais do que os de tonalidades claras. No entanto, as cores alvas deixam a radiação solar passar com uma intensidade superior às escuras.

Algumas pessoas “torcem o nariz” para as tonalidades escuras, pois deixam o visual do guarda-sol mais sério e sem a “energia” que os dias ensolarados transmitem. A solução para isso é optar pelas cores intermediárias como o azul-marinho, o amarelo-esverdeado e o vermelho-arroxeado. Sendo assim, o guarda-sol transmitirá alegria sem abrir mão da proteção solar.

A mesma matiz de cores pode ser utilizada pelas empresas nas confecções do seu guarda-sol personalizado. Mesmo que o logo do negócio apresente tonalidades claras, é possível combiná-las com tons escuros e neutros. Existe também a possibilidade de produzir guarda-sóis temáticos para eventos corporativos com as mais diversas cores.

Um detalhe importante para lembrar é que dependendo do tecido, não haverá problemas se o tom escolhido for claro. Como dito no tópico anterior, há materiais que oferecem uma alta proteção solar, como o bagum, que permite a pigmentação de cores alegres e tem um ótimo acabamento.

Estrutura

Por fim, avaliar a estrutura do guarda-sol será um indicador da qualidade do produto. Um exemplo de material para a haste central do item que confere uma boa sustentação é a madeira de jatobá (devidamente certificada) e o alumínio. Além disso, a armação da copa deve ser produzida com aço galvanizado.

Para uma circunferência de, por exemplo, 1,60 de diâmetro, são necessários 8 gomos para uma boa cobertura e resistência diante de ventanias. Quando o guarda-sol personalizado é feito com os materiais citados, o item não fica pesado, facilitando, assim, o manejo para diferentes lugares.

Quais são as etapas de produção do guarda-sol personalizado?

Depois de escolher o tecido, a cor e a estrutura, chega a etapa da produção do guarda-sol personalizado. Essa fase se constitui de três períodos:

  • o desenvolvimento do produto — engloba a personalização do item com base na ideia do cliente. Antes de enviá-lo para a produção, um protótipo é desenvolvido e testado para perceber a qualidade do produto;
  • a fabricação e a customização — após a aprovação do cliente, técnicas de sublimação, traço, serigrafia e digitais são usadas para desenvolver o guarda-sol personalizado;
  • o conserto e a reforma — é uma garantia da confiabilidade da empresa desenvolvedora. Caso ocorra a necessidade de reparos para prolongar a vida útil do item, é nessa fase que são realizados.

Enfim, seja para uso pessoal ou empresarial é importante ficar atento ao tipo de guarda-sol que comprará. Porém, depois das dicas que demos neste artigo, temos certeza de que fará a melhor escolha!

O que achou de nosso artigo? Entendeu o que precisava sobre o guarda-sol personalizado? Quer encontrar os melhores itens do mercado? Entre em contato com a indústria Maria Pumar!

Escreva um comentário